Foi mais forte que eu. Não foi a primeira vez que rolou o desejo mútuo entre duas pessoas. E te ter ao lado, me olhando como se nada estivesse à sua volta, apenas eu, foi de tirar o ar de dentro de mim. Apenas tive vontade de fazer uma coisa, mas por um momento, enquanto olhava os seus olhos, tão sedutores, pensei em passar a noite toda apenas os olhando, como algo vicioso que você só precisa de uma dose atrás de outra. 
Na metade do caminho, à centímetros de você, haviam tantas coisas nos separamos que esses centímetros se tornaram em quilômetros. Do motivo mais banal até o mais preocupante para ambas as partes e eles me forçavam de alguma forma a ficar onde eu estava, como uma mão no meu peito, me empurrando para trás ou então não me deixando prosseguir. Ainda assim, o meu desejo de você acabou se sobressaindo, passando por cima de tudo isso, me fazendo apenas tocar por alguns instantes em um mundo que vinha há muito tempo desejando conhecer. 
Mergulhei. Mesmo sabendo que talvez eu poderia me afogar por um simples gesto, ainda assim, quis mergulhar em você e sentir o seu toque molhado em todo o meu corpo. Pude sentir cada onda invadindo o meu interior em um movimento louco de vai e vem, me fazendo abrir os braços e me deixar ser levada pelas ondas do seu corpo. Senti cada onda quebrando sobre mim, me fazendo gradualmente querer ir ao encontro de cada uma. 
Um lugar maravilhoso como esse é difícil de não ter vontade de explorar cada parte. Todos os mínimos detalhes. Um dos mundos mais perturbadores que já tive por perto que talvez nunca pare de me atormentar.
No entanto, mesmo que obtenha algo muito atrativo para mim, sinto que eu não deva fazer parte desse mundo. Enquanto o tocava e o sentia, pude notar que ele não foi feito para mim. Até poderia chegar perto do seu certo explorador, mas não seria o ideal. É como se eu fosse um protagonista em uma história que não o pertence, que nela talvez até resultaria em algo interessante, porém nada além disso. Então, resolvi deixar que a mão me afastasse de você e que talvez ela me levasse para o meu mundo ideal. Aquele que quando eu adentrar, me fará sentir a protagonista da história certa.
Compartilhar:
Comentários:

2012-2016 © MEUSDELIRIOS.COM - DIREITOS RESERVADOS.