O que mais me assombrou há alguns anos atrás, fez eu me perder completamente mesmo estando parada, me fez saber como é sentir falta de alguém que já te pertenceu algum dia ou que nunca pertenceu, está se aproximando novamente. Ainda sei muita coisa sobre você, e parece que essas lembranças estão mais que entranhadas apenas na minha memória. 
Esta silhueta está à minha frente, não tão perto quanto você já esteve, mas sinto o calor dela se aproximando. Ela claramente não é a sua, e nem em outro mundo poderia ser, mas vou ter que confessar que ela se parece muito com a sua. São tantas semelhanças que estou entrando no fundo do mesmo poço que já estive um dia. 
Mesmo com a sua sombra junto da minha, você sabia que eu sentia muito medo? Qual? De todas as formas. Um dos principais era o de te perder, mas o de arriscar era o maior. E é medo que estou sentindo agora e justamente tinha que ser o maior daquela época? Não enfrentei da primeira vez, mas ao que tudo parece, estou ganhando uma segunda chance, porém desejava que fosse com a mesma pessoa. 
Estou aqui. Estou olhando ela se aproximar, com uma silhueta tão bonita quando tocada pelo sol. Mas parece que esse sol não esta atingindo o meu lado, parecendo que estou em um lugar totalmente diferente, com um céu escuro, fazendo bastante frio. Posso ouvir o som dos passos se aproximando. 
O problema é que isso tudo parece com você, entretanto é aí que está, parece, não é. Então querendo ou não, me sinto em mais pânico. Posso correr se quiser, meus pés funcionam, eu acredito. Mas, de novo? Não foi dessa corrida que eu me arrependo da primeira vez? Por que quero tanto fazer isso de novo? Sinto que você vai ser a assombração da minha vida, e mesmo que não seja totalmente você, haverá outra forma de você que fará seu trabalho de me assombrar. Com o seu mesmo sorriso, sua forma de falar ao telefone, o jeito que você me olhava com aquela cara de bobo e até como se preocupava tanto comigo. 
Talvez já passou da hora de aceitar que sua sombra se juntou a minha e que não importa se ela está mais escura pelo sol quente enquanto caminho na rua ou mais fraca em um quarto com pouca luz, as duas já são uma só. 
Compartilhar:
Comentários:

2012-2016 © MEUSDELIRIOS.COM - DIREITOS RESERVADOS.