Espiral de Confusões

Quando eu era criança fiquei prestando atenção na conversa dos meus pais, como ele tentavam resolver essa tal situação, e então pela curiosidade de criança, eu perguntei para minha mãe o que estava acontecendo. É lógico que ela não me contou nada, até porque eu não entenderia nada e ela apenas me falou: "Quando você for adulta, você vai entender." Assenti com a cabeça e fui brincar. 
Realmente hoje adulta eu entendo o que minha mãe quis dizer, mas essa teoria de ser adulto e entender vai até certo ponto. Sendo adulto, você vai entender porque tem que trabalhar, porque sua conta de água venceu, vai entender a malícia de uma piada ou música que uma criança não entenderia. Leia mais.

Tensão Sentimental
Estava encurralada para ser mais exata, com paredes feitas pelos meus próprios sentimentos em minha volta, me cercando. Por onde eu apenas tinha uma visão, à minha frente, você estava lá, sorrindo, mas o seu sorriso não estava me ajudando e sim fazendo as paredes ficarem cada vez mais próximas de mim. Só queria que você pegasse na minha mão e me tirasse de toda essa tensão sentimental, porém toda vez que sentia que nossas digitais se tocavam, eu recebia ainda mais tensão vinda de você. 
Você foi a pessoa que me fez entender, mesmo que não propositalmente, que você pode querer muito algo, só que se você não estiver preparado para tal desafio, o objetivo nunca será alcançado. Leia mais.

Não Encontrei um Antídoto
Todo mundo disse que poderia ser um problema, e antes da última noite eu também pensava o mesmo. Como poderia dar certo? Alem da minha chegada ao mundo ter sido primeira, outros empecilhos estavam no caminho como a sua maturidade, se ela ia acompanhar a minha, se seus olhos conseguiriam aguentar a pressão dos meus que já estão pesados de memórias. Não sabia ao certo se era certo e pela primeira vez alguém me fez deixar de lado minhas próprias crenças e soltando a mão do meu eu interior eu segui com você. 
A verdade é que no momento que sua pele tocou a minha, seus dedos entrelaçando nos meus, foi algo de outro mundo e foi a partir dai que entendi a tal da eletricidade que passa pelo nosso corpo e que não parou um segundo de percorrer cada parte do meu conjunto de estrutura óssea e muscular. Leia mais.

Todos os meus textos estão aqui. 
Compartilhar:
Comentários:

2012-2016 © MEUSDELIRIOS.COM - DIREITOS RESERVADOS.