A cada dia eu envelheço mais, e consequentemente adquiro mais experiência sobre a vida, sobre as pessoas, sobre tudo que eu pensava ser certo, mas no fundo era o errado. Eu não sei se isso é bom sinceramente, porque essas experiências novas não são boas, pelo contrário, na maioria são ruins. Porque você perde a inocência de criança, e começa a enxergar como realmente são as coisas ao seu redor, você começa a perceber até que ponto as pessoas podem chegar. 
E a cada dia eu perco a confiança nas pessoas, eu não consigo entender porque elas machucam quem as ama, porque elas dizem que ama você e no outro dia desaparecem, porque elas não dão importância a coisas simples como te dar um abraço quando o momento exige isso, te procurar apenas para saber como você está e não interessado em alguma coisa. Tento esquecer essas coisas, porque se eu ficar consumindo isso o tempo todo, fico louca, porque não consigo achar resposta. 
Quando eu era criança, aprendi que amigos se amam, que eles se ajudam no que for preciso, não importa onde ou quando. Mas ao crescer esse aprendizado se transformou em poeira na última gaveta da cômoda. Ao crescer eu aprendi que não existe amigos, e sim colegas, porque as pessoas só pensam em si mesmas, e isso não passa de coisa de filme. E então foi onde eu entendi porque gosto tanto de filmes, séries e livros.
As vezes eu penso que o problema pode estar em mim, mas como poderia? Será que você se preocupar muito com as pessoas é errado? Será que você sempre estar ali ao lado dela é errado? Será que você se esforçar para fazer tudo certo para não magoar tal pessoa também é errado? Parece que enquanto eu estava andando na rua, eu perdi o papel com as regras de valores, e inventei outros para repor, porque não é possível. 
Então em vez de passar por tudo isso, se doar e não receber nada em troca, prefiro ficar no quarto, lendo, tocando violão, assistindo novela, o que seja, mas pelo menos vou estar adquirindo coisas boas para mim, e não coisas ruins que já adquiri. 
Compartilhar:
Comentários:

2012-2016 © MEUSDELIRIOS.COM - DIREITOS RESERVADOS.