21.12.12
Tempos atrás

Alguns dias atrás, frequentemente tinha várias perguntas na minha mente, mas todas sem resposta, "...porque isso esta acontecendo comigo", "...será que essa situação nunca vai mudar, até quando...". Via tantos acontecimentos, tantas coisas, e mais perguntas flutuando no ar como balões cheios de gás. Achava a vida injusta, já não tinha mais a confiança de antes em minhas crenças, admito que não foi fácil. 
Mesmo assim, fico impressionada como o tempo pode nos dar qualquer resposta que precisamos, só que claro as vezes é preciso um pouco de paciência para esperar por elas, e foi o que fiz. 
Não consigo acreditar como tenho uma forma de pensar totalmente diferente depois disso. Tenho todas as respostas na minha mão, tão concretas como cimento, e posso agarrá-las sem qualquer receio. 
Hoje, acredito que a vida nos ensina o tempo todo, e na maioria das vezes nem percebemos, ou então não fazemos a lição de casa que ela nos passa, acredito que tudo que nos acontece tem seu propósito.  
Se estou em uma fase difícil, sei que tudo isso, no fim, servirá para me fortalecer, ser uma pessoa mais forte. Caso essa fase demore, é porque eu ainda não estou preparada, e que posso aguentar mais um tempo. Se eu não consegui aquilo que queria, é porque tem algo melhor para mim, ou que este momento não era o apropriado para uma vitória. 
Minhas escolhas podem influenciar, claro, porém nem tudo depende de nós, nem tudo funciona como queremos. Há coisas que não podemos controlar, um exemplo disso, é o coração, que esta batendo com nosso sangue, e não tem como fazê-lo parar de bater por quem não queremos se não for a hora. 
Já perdi pessoas, muitas amizades que não deram certo, conflitos familiares, tudo isso já foram muitas coisa s pesadas para carregar, e tinha vezes que quase me dei por vencida. Mas agora, agradeço a cada acontecimento, nenhum minuto foi desperdiçado, porque foi o necessário para me tornar a pessoa que sou hoje. Talvez, se tudo isso fosse diferente, eu nem estaria escrevendo em um blog, fosse outra pessoa, com outra personalidade da qual não fosse de orgulho
Compartilhar:
Comentários:

2012-2016 © MEUSDELIRIOS.COM - DIREITOS RESERVADOS.